Publicado por felipe skupien
Gostou do artigo? Compartilhe!

Por que o tratamento de varizes hoje é tão diferente?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

Para grande parte das pessoas, mudanças na rotina e afastamento profissional fazem com que o tratamento de varizes seja adiado, causando agravamentos e complicações. A ideia que predomina, infelizmente, ainda é aquela na qual a pessoa que realiza cirurgia de varizes, precisa ficar deitada, com dor, hematomas, inchaço e com as pernas elevadas às vezes por 20, 30 e 40 dias. FELIZMENTE, HOJE NÃO É MAIS ASSIM.

Mesmo o tratamento de varizes maiores ou veias safenas, que antes era feito apenas com cirurgia, hoje podem ser tratadas com menos agressão e rápida recuperação.

As técnicas de ablação endovenosa (Endolaser) diminuíram muito a agressão sem perder a eficácia. Assim, conseguimos diminuir a dor, os hematomas, o inchaço, e o tempo de recuperação. Por agredirem pouco, permitiram tratamentos sob anestesia local, sem sedação e sem internação hospitalar e assim, o tempo para tratar e voltar à rotina pode levar somente 1 a 3 dias.

Autor

Dr Felipe Jose Skupien

Dr Felipe Jose Skupien

Cirurgião Vascular, Ecografia Vascular com Doppler

Especialização em Título de Especialista em Angiorradiologia E Cirurgia Endovascular no(a) Sociedade Brasileira de Angiorradiologia E Cirurgia Endovascular (sbacv / Cbr / Amb ).